Festmag

Cinema e TV no image

Published on Fevereiro 22nd, 2011 | by festmag

0

Barómetro de filmes imperdíveis no 31.º Fantasporto

“I Saw the Devil”, do coreano Kim Jee-won, “A Serbian Film”, de Srdjan Spasojevic, e o sul-coreano “Bedevilled”, de Jang Cheol-so, todos premiados no Fantasporto, são os vencedores do barómetro FEST MAGAZINE de filmes obrigatórios da 31.ª edição do Festival Internacional de Cinema do Porto. O divertido “Micmacs”, de Jean-Pierre Jeunet, e o multipremiado “Camino”, de Javier Fesser, ocupam, respetivamente, o quarto e o quinto lugares da tabela.

1.º “I Saw the Devil” – Kim Jee-won – Cor do Sul – 144 min (SO CF/OE)
O mestre sul coreano Kim Woon Jee, vencedor do Fantasporto em 2004 com “A História de Duas Irmãs – A Tale of Two Sisters”, regressa com um conto sobre vingança. O protagonista de “Old Boy”, o ator Choi Min-Sik, é agora um perigoso psicopata.
YouTube Preview Image

2.º “A Serbian Film” – Srdjan Spasojevic – Sérvia – 104 min (SO CF)
Premiado no festival de San Sebastian com um galardão especial como símbolo da defesa da liberdade de expressão, “A Serbian Film” é o filme mais cortado pela censura britânica nos últimos dezasseis anos.

3.º “Bedevilled” – Jang Cheol-so – Coreia do Sul – 115 min (SO CF/OE)
Seleção Oficial da Semana da Crítica do Festival Internacional de Cinema de Cannes 2010, o filme sul-coreano “Bedevilled” é um thriller cheio de suspense e violência psicológica.
YouTube Preview Image

4.º “Micmacs” – Jean-Pierre Jeunet – Fra – 105 min (SO Première)
O realizador do multipremiado “Delicatessen” e “O Fabuloso Destino de Amélie” regressa com mais uma história sobre inadaptados sociais.
YouTube Preview Image

5.º “Camino” – Javier Fesser – Esp – 138 min (SO Première)
Vencedor de seis Goyas, incluindo melhor filme, realizador, ator e atriz, “Camino” é a aventura emocional de uma menina de onze anos que se depara com duas situações completamente novas: o amor e a morte.
YouTube Preview Image

6.º “The Extraordinary Adventures of Adèle Blanc-Sec” – Luc Besson – Fra – 107 min (SO CF)

Descoberto pelo Fantasporto em 1984 através do filme “Le Dernier Combat” (Grande prémio do festival e prémios melhor Realizador e Audiência), Luc Besson apresenta o maravilhoso e mágico mundo de Adèle Blanc-Sec, uma jovem e corajosa repórter capaz de tudo para conseguir atingir os seus propósitos – nem que seja ir ao Egito lutar com múmias.
YouTube Preview Image

7.º “The Housemaid” – Im Sang-Soo – Cor Sul – 106 min (SO SR/OE)
O regresso do cinema sul-coreano ao suspense e à sensualidade através da história de uma divorciada de meia idade que é contratada por uma família da classe alta. Seleção Oficial da Competição do Festival Internacional de Cinema de Cannes 2010.
YouTube Preview Image

8.º “Rabies” (Kalevet) – Aharon Keshales, Navot Papushado – Israel – 90 min (SO CF)
O inesperado cinema de terror e gore israelita, no qual dois irmãos, rapaz e rapariga, fogem de casa e encontram refúgio temporário numa reserva natural muito frequentada.
YouTube Preview Image

9.º “Hahaha” – Hong Sang-soo – Cor do Sul – 115 min (SO OE)

Prémio da secção Un Certain Regard do Festival de Cannes 2010, “Hahaha” é uma comédia que gira em torno de uma conversa entre dois amigos. Inebriados pelo álcool depois de umas rodadas de “makgeolli”, desfiam histórias de um passado que não se repetirá.
YouTube Preview Image

10.º “Bedways” – Rolf Peter Kahl – Alemanha – 91 min (SO Première)
Nina Bader quer rodar um filme sobre o amor e o sexo, e, para tal, convida um casal de atores amigos para uns dias de ensaios. Uma reflexão cáustica e realista sobre o amor, o sexo e a pornografia que teve honras de encerramento na Berlinale 2010.
YouTube Preview Image

11.º “Enemy at the Dead End” – Park Soo-Young – Coreia do Sul – 93 min (SO OE)
Um homem traumatizado com a trágica morte da mulher tenta tantas vezes matar-se que os médicos são forçados a atá-lo à cama do hospital. Um dia, quando outro homem é internado a seu lado, tudo se altera.

12.º “Miyoko” – Yoshifumi Tsubota – Japão – 86 min (SO SR)
A história de Shinichi Abe, um jovem artista que se mudou para Tóquio e se tornou célebre como criador de histórias das populares manga.

13.º “Eighteen Years Later” – Edoardo Leo – Ita – 110 min (SO SR)
Nesta multipremiada comédia dramática italiana, os irmãos Mirko e Genziano não se falam desde que a mãe morreu num acidente de carro, eram eles adolescentes. Com rumos distintos, o destino une-os na tentativa de sanar o que os dividiu.

14.º “Febbre da Fieno” (Hay Fever) – Laura Luchetti – Itália –100 min (SO SR)
Um grupo de “rebeldes com causa” italianos passa o outono a trabalhar numa loja de artigos “vintage” chamada “Twinkled”. O que há em vontade, falta em vendas e a loja está na falência.

15.º “Secuestrados” – Miguel Angel Vivas – Esp – 80 min (SO CF)
Uma família que acaba de se mudar para um luxuoso condomínio fechado com segurança privada e demais comodidades, descobre que não está a salvo de invasores em “Secuestrados”, uma parábola sobre o terror e a violência.

16.º “127 Horas” – Danny Boyle – EUA/GB – 94 min (SO Première)
Com seis nomeações para Óscar – filme, ator (James Franco), argumento adaptado, montagem, banda sonora e música original – “127 Horas” recria a desventura do montanhista Aron Ralston ao ficar retido durante cinco dias, quando um pedregulho descaiu e lhe prendeu a mão direita, no Blue John Canyon, sudeste do Utah, nos Estados Unidos.

17.º “Carancho” – Pablo Trapero – Arg – 107 min (SO SR)
Seleção Oficial Un Certain Regard do Festival Internacional de Cinema de Cannes 2010, “Carancho” é uma história de amor, dura e sem redenção. Interpretado por Ricardo Darín que o público conhece de “Nueve Reinas”, “O Segredo dos Seus Olhos” (Óscar de Melhor Filme Estrangeiro) e em “El Hijo de la Novia”.

18.º “Two Staring Eyes” – Elbert Van Strien – Holanda – 107 min (SO CF)
Thriller psicológico com tons de horror sobre a maneira como formamos a realidade a partir daquilo que vemos. Com uma atmosfera surreal, rodeada de aparente normalidade, “Two Staring Eyes” lembra o cinema de Lynch e Hitchcock.

19.º “9:06” – Igor Sterk – Eslovénia – 71 min (SR)
Da desconhecida cinematografia eslovena chega um thriller policial multi-premiado que é um estudo sobre a gradual transformação psicológica de um indivíduo.

20.º “Red Nights” – Laurent Courtiaud e Julien Carbon – Fra/Hong Kong – 110 min (CF/OE)
Thriller fetichista sobre o sadismo dos mesmos argumentistas de “Running Out of Time”, de Johnnie To, “Red Nights” marca o regresso da estrela de Hong Kong Carrie Ng, famosa pelas presenças em “Naked Killer” e “Zen”.

21.º “Reykjavik Whale Watching Massacre” – Julius Kemp – Islândia – 84 min (SO Première)
Um grupo de turistas viaja até à Islândia para observar baleias. Em alto mar um acidente mata o capitão e o seu assistente foge, depois de tentar violar uma das turistas. Salvos por um velho baleeiro descobrem que afinal os seus salvadores são uma família de fanáticos religiosos com instintos criminosos.

22.º “The Tempest” – Julie Taymor – EUA – 111 min (SO CF)
Helen Mirren (Óscar de Melhor Atriz em “A Rainha”), Djimon Hounsou (“Amistad”), David Strathairn (nomeado para Óscar por “Boa Noite, e Boa Sorte”) e Alfred Molina (“Magnólia” e “Chocolate”) são os protagonistas desta adaptação de uma peça de William Shakespeare.

23.º “The Resident” – Antti Jokinen – GB/EUA – 91 min (SO Première)
Hilary Swank, vencedora de dois Óscares pelos filmes “Os Rapazes Não Choram” e “Million Dollar Baby – Sonhos Vencidos”, é a protagonista deste thriller psicológico que conta também com o veterano britânico Christopher Lee.

24.º “Splice” – Vincenzo Natali – Can/EUA – 97 min (SO Première)
Um casal de cientistas que trabalha num laboratório privado de biotecnologia sequioso de lucros cria novos espécimes com propriedades genéticas ainda pouco estudadas.

25.º “Exorcismus (La Posessión de Emma Evans)” – Manuel Carballo – Esp – 98 min (SO CF)
Dos produtores de “Rec”, a história de uma adolescente problemática e em busca da sua identidade. Doug “Pinhead” Bradley desempenha o papel de padre Dennis, o exorcista que vai lutar contra as forças diabólicas.

E, abaixo da “tona da água”, os filmes mais fracos do Fantasporto 2011:

26.º “The Last Employee” – Alexander Adolph – Alem – 86 min (CF)
Um advogado é contratado para fechar uma firma, mas as dores dos outros trazem fantasmas de volta. Prémio Méliès d’Argent do Festival de Leeds.

27.º “Duas Mulheres” – João Mário Grilo – Port – 100 min
Um casal leva uma existência dourada até que Mónica, uma jovem modelo, entra na vida a dois. Com a realização de João Mário Grilo, “Duas Mulheres” conta com as interpretações de Beatriz Batarda, Virgílio Castelo, Débora Monteiro e Nicolau Breyner.

28.º “And Soon the Darkness” – Marcos Efron – EUA/Arg/Fra – 91 min (SO CF)

As férias em bicicleta de Stephanie e Ellie pela Argentina rural são um pretexto para apanhar sol, fazer compras e “flirtar” com rapazes da região na revisão de um clássico do cinema de terror dos anos 70.

29.º “The Rite” – Mikael Hafstrom – EUA – 112 min (SO Première)
Anthony Hopkins, Alice Braga, Rutger Hauer e Maria Grazia Cuccinota protagonizam este thriller psicológico que revela o alcance do Diabo, mesmo no lugar mais sagrado do mundo.

30.º “Season of the Witch” – Dominic Sena – EUA – 113 min (SO Première)
Nicolas Cage volta a trabalhar com o realizador Dominic Sena, depois de “60 Segundos”, num épico de “sword and sorcery” que também conta com a participação de Christopher Lee.

31.º “R U There” – David Verbeek – Hol – 90 min (SO SR)
Depois de vários tipos de gerações, esta é a Geração Internet, em que a juventude cresce num mundo em parte virtual. “R U There” faz a pergunta: Como será que esta gente se relaciona? E pode-se acrescentar – que futuro para estes jovens? Seleção oficial Un Certain Regard do Festival Internacional de Cinema de Cannes 2010.

32.º “La Herencia Valdemar II: La Sombra Prohibida” – José Luís Alemán – Espanha – 93 min (CF)

Depois do êxito de “La Herencia Valdemar”, Alemán volta ao universo mágico de H.P Lovecraft e à sua mitologia de monstros, com especial destaque para Chtulhu.

33.º “The Chameleon” – Jean Paul Salomé – Canadá- 106 min (SO SR)
A história verdadeira do misterioso regresso de um adolescente desaparecido há muitos anos num puzzle que revela um passado cheio de segredos obscuros.

Tags: , ,


About the Author



Comments are closed.

Back to Top ↑
  • PUB

    “Veracity”

    “VeraMarmelo”

    “MadeofThings”

  • Redes sociais

    Facebooktwittergoogle_plusyoutubeinstagram
  • Facebook

  • Fevereiro 2011
    S T Q Q S S D
    « Jan   Mar »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28