Festmag

Cinema e TV no image

Published on Outubro 22nd, 2011 | by Manaíra Athayde

0

12.ª Festa do Cinema Francês esgota auditório de Serralves

Quarta-feira, 19, mais de 300 pessoas compareceram no auditório do Museu de Serralves, no Porto, para assistir à abertura da 12.ª Festa do Cinema Francês no Porto. “O que mostra que há público para eventos como este, com interseções culturais entre países que possuem confluências históricas”, diz Pascal Teixeira da Silva, embaixador de França em solo português.

O aumento de 7% no número de sessões a decorrer este ano mostra que, em tempos de crise, o festival não só não perdeu público, como tem conquistado outras fatias. “Todos os públicos encontrarão o seu lugar face a uma programação eclética e audaciosa, já que o festival se tornou num ponto de encontro importante de todos aqueles que vivem o cinema como uma renovação e uma descoberta”, ressalva Teixeira da Silva.

YouTube Preview Image

"Les Émotifs Anonymes", de Jean-Pierre Améris

Este ano, para surpresa de muitos que estão familiarizados com a supremacia do género drama no cinema francês, destacam-se nas sessões de antestreias as comédias, como “De Vrais Mensonges”, de Pierre Salvadori, “Et Maintenant On va Où?”, de Nadine Labaki, “La Source dês Femmes”, de Radu Mihaileanu, “Le Bruit dês Glaçons”, de Bertrand Blier, e “Les Émotifs Anonymes”, de Jean-Pierre Améris.

Na comédia “Ni à Vendre, Ni à Louer”, de Pascal Rabaté, a atriz portuguesa Maria de Medeiros é a protagonista, participando ainda no festival com o documentário “HH, Hitler à Hollywood”, de Frédéric Sojcher, filmes que prelibam a artista como a referência de Portugal no cinema francês nos últimos anos.

“Mais do que os atores e as suas nacionalidades, é inevitável que os aspetos culturais de um povo acabem por refletir na construção de universos na narrativa cinematográfica de uma outra cultura”, declara David Barros, que se especializou em Cinema na Universidade Nova de Lisboa e integrou projetos na Université Paris III e na Cinematek, na Bélgica.

De 6 de outubro a 8 de novembro, 140 sessões serão distribuídas em salas de cinema pelo país fora, nesta festa itinerante que congrega Lisboa, Almada, Porto, Guimarães, Faro e Coimbra, em que cada cidade recebe o evento em um período específico e que pode ser consultado em http://www.festadocinemafrances.com/. No ano passado mais de trinta mil espetadores participaram no festival.

Siga-nos aqui:

Tags: ,


About the Author



Comments are closed.

Back to Top ↑