Festmag

Cinema e TV no image

Published on Novembro 4th, 2011 | by Sofia Ferreira

0

5.º Lisbon & Estoril Film Festival: a transversalidade do cinema passa por aqui

“Somos invejados lá fora”. Quem o diz é Paulo Branco, diretor do Lisbon & Estoril Film Festival (LEFF), que ano após ano nos surpreende com o melhor cinema mundial e as mais excitantes atividades paralelas. Esta edição não é exceção. O reconhecido produtor não poupou esforços para trazer a Portugal nomes de peso do mundo das artes como J.M. Coetzee, Don DeLillo, Paul Auster (na qualidade de júri do festival), David Cronenberg, Paul Giamatti, Leos Carax, Luc Dardenne, Yasmina Reza, Claire Denis, Louis Garrel, Mathieu Amalric, Mathiew Barney ou Miquel Barceló que prometem partilhar as suas experiências com o público.

No ano em que o evento se expande geograficamente à capital, não é de admirar que o filme de abertura seja exibido no Cinema Monumental. Trata-se de “Restless”, o último trabalho de Gus Van Sant apresentado este ano em Cannes, com Mia Wasikowska e Henry Hopper, sobre uma doente de cancro em fase terminal com um grande amor pela vida e um jovem que desistiu de viver após a morte dos pais, que se encontram num funeral e descobrem um mundo em comum. O filme faz parte da seleção oficial de antestreias que apresenta algumas das mais aguardadas obras de realizadores internacionalmente reconhecidos como “A Dangerous Method” de David Cronenberg (que vai estar presente no festival), “Carnage” de Roman Polanski, “Melancholia” de Lars Von Trier (que valeu a Kirsten Dunst o prémio de melhor atriz em Cannes), “Ides of March” de George Clooney e “La Piel Que Habito” de Pedro Almodóvar (a sessão de encerramento).

YouTube Preview Image

Com o objetivo de revelar a riqueza do novo cinema europeu, na categoria de competição destaque para “A Vingança de uma Mulher” de Rita Azevedo Gomes, o único filme português desta secção. Fora de competição podemos ver “Un Éte Brûlant” com Monica Bellucci e Louis Garrel, “Faust” de Aleksandr Sokurov (vencedor do Leão de Ouro em Veneza) e do Japão chega-nos “Tokyo Park”, “Saudade” e “I Wish”.

Tal como aconteceu em edições anteriores, o LEFF apresenta algumas retrospetivas dedicadas a grandes realizadores da actualidade. Oportunidade então para (re)descobrir a obra de Leos Carax (“Boy Meets Girl”, “Os Amantes da Ponte Nova”, “Pola X”, “Strangulations Blues”), William Friedkin (“Bug”, “Killer Joe”, “The French Connection”, “To Live and Die in L.A.”), Wes Anderson (“Fantastic Mr. Fox”, “The Royal Tenenbaums”, “Bottle Rocket”, “Rushmore”, “The Darjeling Limited”, “The Life Aquatic With Steve Zissou”) e Aleksei Guerman (“Trial on the Road”, “Twenty Days Without War”, “From Tokyo”).

YouTube Preview Image

Estão também planeadas algumas sessões especiais, com destaque para as homenagens ao realizador Raúl Ruiz e à atriz Katerina Golubeva, ambos recentemente falecidos, e para exibição de Mildred Pierce em versão filme de Michael Curtiz de 1945 e mini-série de Todd Haynes de 2011 com Kate Winslet.

Outros eventos preparados pela organização incluem um simpósio internacional sobre o tema “Os direitos de autor na era da internet: que futuro para as indústrias culturais”, exposições de Miquel Barceló, Peter Suschitzky e Darius Khondji, concertos de K’naan, Sophie Auster (filha de Paul Auster), Randal Poster (Dj Set) e Para One e Logo e ainda uma sessão de leitura com J.M. Coetzee, Don DeLillo, Paul Auster e Siri Hustvedt que se afigura única.

Entre 4 e 13 de Novembro, o Centro de Congressos do Estoril, Casino Estoril, Cinema Monumental, Espaço Nimas, Cinema São Jorge, Torre de Belém e Centro Cultural de Belém acolhem a quinta edição do Lisbon & Estoril Film Festival que mais do que um festival de cinema é uma verdadeira festa da cultura.

Siga-nos aqui:

Tags:


About the Author



Comments are closed.

Back to Top ↑