Festmag

Cinema e TV no image

Published on Novembro 16th, 2011 | by festmag

0

“Twilight Portrait” e “Une Vie Meilleure” vencem Lisbon & Estoril Film Festival

O júri oficial da quinta edição do Lisbon & Estoril Film Festival, composto por John M. Coetzee, Don DeLillo, Paul Auster, Siri Hustvedt, Gidon Kremer e José Barrias, atribuiu o prémio de melhor filme a “Twilight Portrait”, de Angelina Nikonova.

A história de Marina, uma assistente social que decide enfrentar o passado traumático, é a longa-metragem de estreia da realizadora russa. “Une Vie Meilleure”, realizado pelo cineasta francês Cédric Kahn, conquistou o Prémio Especial do Júri – João Bénard da Costa. Protagonizado por Guillaume Canet e Leïla Bekhti, o filme debruça-se sobre a história de Yann e Nadia, que decidem arriscar a abertura de um restaurante mas cujo sonho ameaça ruir quando o casal é confrontado com dificuldades económicas e ela decide aceitar um emprego no estrangeiro.

YouTube Preview Image

O júri oficial da secção competitiva decidiu atribuir ainda duas Menções Especiais às longas-metragens “Amnesty”, de Bujar Alimani, filme albanês sobre um homem e uma mulher que se apaixonam enquanto os respetivos companheiros se encontram presos, e a “Oslo, August 31st”, de Joachim Trier, que acompanha um dia na vida de um jovem toxicodependente em reabilitação à medida que este vagueia por Oslo.

O prémio cineuropa, cujo vencedor foi decidido por Cristina Soldano foi entregue a “Une Vie Meilleure”, de Cédric Kahn. O júri do encontro de escolas europeias, constituído por Valeria Bruni-Tedeschi, Peter Suschtizky, Peter Handke e Rui Horta, atribuiu o prémio MEO ex-aequo às curtas metragens “Here I Am”, de Bálint Szimler, da University of Theatre and Film, de Budapeste, e “Aman (Safe And Sound)”, de Ali Jaberansari, da London Film School.

O júri atribuiu ainda menções honrosas aos filmes “Frozen Stories”, de Grzegorz Jaroszuk, da Polish National Film Television and Theater School, em Lodz, e “L’Estate Che Non Viene”, de Pasquale Marino, do Centro Sperimentale di Cinematografia – Scuola Nazionale di Cinema, de Roma.

YouTube Preview Image

O prémio L’Oreal foi entregue este ano ao ator Miguel Nunes, enquanto que o prémio Canon foi atribuído à curta-metragem “Encadeados”, realizada por Ana Delgado Martins.

Palmarés Lisbon & Estoril Film Festival 2011

Melhor Filme
“Twilight Portrait”, de Angelina Nikonova

Prémio Especial do Júri – João Bénard da Costa
“Une Vie Meilleure”, de Cédric Kahn

Menções Honrosas
“Amnesty”, de Bujar AlimanI
“Oslo, August 31st”, de Joachim Trier

Prémio Cineuropa
“Une Vie Meilleure”, de Cédric Kahn

Prémio Meo
Here I Am, de Bálint Szimler (University of Theatre and Film, Budapeste/Hungria)
Aman (Safe and Sound), de Ali Jaberansari (London Film School, Londres/Inglaterra)

Menção Especial
“Frozen Stories”, de Grzegorz Jaroszuk (The Polish National Film Television and Theater School, Lodz/Polónia)
“L’Estate Che Non Viene”, de Pasquale Marino (Centro Sperimentale di Cinematografia – Scuola Nazionale di Cinema, Roma/Itália)

Prémio L’Oreal
Miguel Nunes

Prémio Canon
“Encadeados”, de Ana Delgado Martins

Siga-nos aqui:

Tags: , ,


About the Author



Comments are closed.

Back to Top ↑