Festmag

Cinema e TV no image

Published on Maio 9th, 2012 | by festmag

0

Ciclo “Outros Cinemas: Sexualidades – Marginalidades” para ver em Évora de 18 a 20 de maio

O ciclo “Outros Cinemas: Sexualidades” prolonga-se até ao fim de 2012, em Évora, e traz, a cada dois meses, uma paragem nas sexualidades que o cinema representa, cruzando o cinema de ficção e o documentário, a vídeo-arte, a performance, a par de debates, encontros e propostas de formação e de sensibilização de públicos.

«Muitas das grandes liberdades discursivas sobre sexo e sexualidades, ocorridas durante o século XX, encontraram no cinema um meio privilegiado de expressão. Quase sempre marginais, mesmo quando no coração da indústria da imagem em movimento, as representações da sexualidade trazem ao cinema questões tão marcantes como a política do corpo, os regimes de censura ou os sistemas de valores ideológicos, religiosos e estéticos», argumentam os organizadores que apresentam entre 18 e 20 de maio, no Auditório Soror Mariana, em Évora, sete sessões do ciclo dedicado às “Sexualidades – Marginalidades”.

Dia 18, sexta-feira
18:00 – “Barbarella, A Rainha Da Galáxia”, de Roger Vadim (1968) 94 min.
Barbarella é a personagem que nos transporta a um futuro distante (ano 40 000 d. C.) ao planeta Lythion numa aventura de sensualidade, erotismo e beleza. A personagem valeu a Jane Fonda o rótulo de sex-symbol e quase fez da desinibida (e quase nua) rainha da galáxia a rainha da sexplotation.

YouTube Preview Image

21:30 – “Shortbus”, de John Cameron Mitchell (2006) 98 min., maiores de 16
Famoso por uma cena de sexo em grupo de contornos muito explícitos, o filme de Cameron Mitchell atravessa todas as vias da sexualidade contemporânea, com personagens nas encruzilhadas da sua (re)orientação sexual, os dilemas ou conflitos com tabus e preconceitos. Situado em Nova Iorque, as personagens de “Shortbus”, homossexuais e heterossexuais, descobrem pelo caminho as virtualidades políticas da condição polissexual.

YouTube Preview Image

00:00 – Curtas, maiores de 16
Seis curtas, 6, entre o humor corrosivo da animação de Mulloy e a marginalidade transgressora de Richard Kern, onde se reinventam papéis e as fantasias sexuais são levadas ao extremo. Pelo meio, dois filmes de jovens cineastas portugueses.

“The Sex Life Of A Chair”, de Phil Mulloy (1998) 7 min.
“The History Of The World”, de Phil Mulloy (1994) 6 min.
“Carne”, de Carlos Conceição (2010) 20 min.
“A History Of Mutual Respect”, de Gabriel Abrantes (2010) 23 min.
“Submit To Me Now!”, de Richard Kern (1987) 18 min.
“The Bitches”, de Richard Kern (1992) 9 min.

Dia 19, sábado
18:00 – “Cheezy Explotation” (2006), 60 min.
Uma extensa coleção de trailers de filmes como “Slaves In Bondage”, “Pin-Down Girl”, “She Shoulda Said No!”, “A Taste Of Flesh”, “Tomorrows Children”, “Rat Fink”, “Glenn Or Glenda”, “I Passed For White”, “Hitlers Captive Women”, “Covergirl Killer”, “Reform School Girls”, “Let Me Die A Woman”, “Satan In”, “High Heels” e muitos mais, fazem uma divertida aproximação a este universo.

21:30 – “O Êxtase Dos Anjos”, de Kôji Wakamatsu (1967), 84 min., maiores de 16
Situado nos anos 70, este é um filme sobre políticas subversivas e o papel, nelas, da violência e da sexualidade, em busca de uma revolução radical. Filmado por um dos grandes mestres do cinema japonês do séc. XX.

YouTube Preview Image

00:00 – “Os Anjos Exterminadores”, de Jean-Claude Brisseau (2006), 100 min., maiores de 16
Brisseau explora neste filme a condição do cineasta perante o erotismo, a sensualidade e o prazer. Uma sequência de prazer num casting desencadeia uma ideia de filme onde se vão multiplicar as ligações entre as atrizes-personagens e o cineasta.

YouTube Preview Image

Dia 20, domingo
18:00 – “Dentro De Garganta Funda”, de Fenton Bailey e Randy Barbato (2005) 92 min.
Há 40 anos, o clássico “Garganta Funda” lançou para o estrelato a jovem Linda Lovelace e ocasionou um escândalo de enormes proporções, com censuras e proibições de exibição em 23 estados norte-americanos. Na época da luta pela libertação sexual e pela igualdade entre homens e mulheres, o filme teve consequências enormes para o debate cultural mais mobilizador da sociedade americana. Permanece um clássico e talvez o mais lucrativo de toda a historia do cinema do género.

YouTube Preview Image
Siga-nos aqui:

Tags: , , , , , , , , ,


About the Author



Comments are closed.

Back to Top ↑