Festmag

Crónicas no image

Published on Maio 1st, 2012 | by Fred Huiban

0

Então, como correu o Printemps de Bourges? (PT) | So how was Printemps de Bourges? (EN)

Chuvoso e feliz ao mesmo tempo. Não foi propriamente como passar uns dias na Califórnia, mas mesmo no centro de França. Apesar das más condições meteorológicas, foi uma grande emoção viver no meio do som por uma semana. À margem disso tudo foi perfeito. Bourges sabe recebe muito bem, quer falemos de restaurantes, lojas e até se podem conseguir boas pechinchas no mercado vizinho…

Rainy and happy at the same time. It was not exactly like spending a few days in California but right in the middle of France. Despite the bad weather conditions it’s been quite a thrill to live in the sound for a week. Apart from that everything went perfectly.Bourges offers a broad range of accommodations : restaurants, shops, and you can even get some good deals on the flea market nearby…

No que se refere à programação musical, tivemos de usar belas gabardinas, calçado de ‘combate’ e elaborar um alinhamento exato do que queríamos ver. Um dos concertos mais notáveis foi provavelmente Dionysos porque eles ‘ROCKAM’. Os Pixies podem ser a sua maior influência mas as duas bandas têm pouco em comum para além de partilharem o produtor. Steve Albini era o homem por detrás da mesa de mistura nas gravações do álbum “Western Sous La Neige”, o que não significa que se possa notar de forma óbvia, mas que as expetativas foram colocadas lá em cima há mais de dez anos. De uma forma muito própria, os Dionysos são um perfeito exemplo de que os artistas franceses podem cantar em francês ou inglês de uma forma pop e bem feita. Para além disso, Matthias, o vocalista, dominou a atuação, com corridas constantes, escaladas e saltos a toda a hora (site).

Regarding the music programming, we had to wear a nice trench coat, bumper shoes and to make a precise line-up. One of the most remarkable shows was probably Dionysos because they ROCK. The Pixies may be their biggest influence though the two bands have quite no link except the same producer. Steve Albini was the man behind the deck on the album “Western Sous La Neige”, not saying we could obviously have noticed it but to say the level has been set incredibly high more than ten years ago. In their own way Dionysos are perfect French artists who proved they could deliver the job in French and in English on a proper poppy way. More than that Matthias the lead singer ran the show, climbing, jumping on everything (site).

Skip The Use era outro concerto a não perder. Todos os que já viram Iggy Pop pelo menos uma vez na vida, especialmente neste palco, em particular, há uns anos, fariam a comparação. Matt (o vocalista) é outra espécie de tornado sem controlo abanando o edifício e com contactos permanentes com a audiência. Houve ainda um bónus para o fotógrafo: foi-nos permitido fotografar durante todo o concerto no fosso. Ninguém diria que são franceses. Matt tem umas tatuagens bastante bizarras. Eles são de Lille (nordeste de França) mas podiam ser de Los Angeles. Fiquem atentos para o caso de atuarem numa cidade perto de vós (site).

Skip The Use was another gig not to miss. Those who have seen Iggy Pop once in their life and especially on this stage a few years ago would make the comparison. Matt (singer) is another kind of relentless tornado shaking the building and having a lot contacts with the audience. There were also a glance for the photographer. It was nice because the management allowed us to stay all the concert long in the photo pit. Nobody could ever notice they’re French. Matt has some freaky tattoos. They’re from Lille (Northern France) but could be from L.A. Be prepared if they tour in a City near you (site).

Outras bandas que recomendaríamos? General Elektriks seria o pensamento imediato e mais entusiástico (site). Não apenas porque o baixista Jessie Chaton é um músico dotado, mas porque Hervé Salters (vocalista/teclista) tem um original percurso de vida: é um francês que se estabeleceu na Califórnia há mais de uma década continuando a fazer música. Eles tocaram bastante cedo e por isso a audiência era diminuta. Apesar disso, o público esteve empolgado e sem preconceito, até porque a música deles é simplesmente excelente.

YouTube Preview Image

Other bands to recommend? General Elektriks would be the immediate and enthusiastic thought (site). Not only because the bass player Jessie Chaton is an awesome musician, but also because Hervé Salters (lead singer/keyboards) has an original path in life: he’s a French guy who settled in California over a decade ago and kept on making music. They played early so the audience was quite thin though the crowd was enthusiastic, free minded, because their music is simply excellent.

Definitivamente temos de deixar uma palavra sobre os Rover. Mais uma banda francesa que emergiu nos últimos dois anos. Sabemos pouco sobre eles, mas podemos dizer que o concerto foi pesado e delicado ao mesmo tempo. Thimothée, aquele rapaz alto e loiro com capacidade de produzir agudos elevados seria uma mistura entre Frank Black com uma ‘fatia’ de pós-rock. É bastante raro descobrir uma banda ‘desconhecida’ com este grau de maturidade. Aqui fica a ligação ao Myspace para ouvirem o ‘disc-rover’.

We definitively should say a word on Rover. It’s another French band who emerged two years ago. We know a few on them but the show was heavy and delicate at the same time. Thimothée, that big blond guy with a high-pitched voice would be a mix of Frank Black, with a slice of post rock… It’s definitely rare to discover an ‘unknown’ band as mature as this one. Here is a link on Myspace to ‘disc-rover’.

Durante esta semana testemunhámos inúmeros concertos e apresentações, e tirando fotografias para que as pudessem apreciar. Paralelamente falámos com promotores de outros festivais como o Paléo Festival em Nyons (Suíça), e reencontrámos alguns promotores de festivais amigos do Québec. O que nos levará por certo a mais aventuras. A todos os que nos deram discos promocionais, em breve contactar-vos-emos para vos indicar se precisamos de mais informação ou se conseguimos passar a vossa cópia a pessoas com poder no mercado (programadores, etc.).

During this week we went through lots of concerts and showcases taking pictures for you to appreciate. We’ve also talked to festival promoters such as Paléo Festival’s in Nyons (CH), and met a few festival promoters friends from Québec. This will lead to more adventures for sure. For the people who gave us promos we we’ll let know if we need more information or if we’ve passed your copy to one of the people in charge in the business (programmers and so on!).

Ah, e outra coisa. Fomos entrevistados por um jornal local como jornalistas estrangeiros. Não acham que ficámos bem na fotografia?

Ha. And another thing. We were interviewed by the local paper as foreign journalists. See how good we looked?

Fred Huiban & Pauline Gaudry

Siga-nos aqui:

Tags:


About the Author



Comments are closed.

Back to Top ↑