Festmag

Música no image

Published on Junho 15th, 2013 | by festmag

0

FMM Sines 2013: Programa completo de concertos

De Hermeto Pascoal a Rokia Traoré, de Trilok Gurtu a Femi Kuti, Sines volta a convidar o público para ver ao vivo os melhores artistas do mundo e para ouvir a música que exprime o sentir dos povos e a diversidade da voz humana. Com 43 espetáculos entre 18 e 27 de julho, será o maior programa de música da história do festival, para comemorar o seu 15.º aniversário.

No programa desta edição comemorativa dos 15 anos, figuram regressos de alguns dos artistas que mais se destacaram no percurso do festival e estreias de projetos que mostram o presente e o futuro das músicas do mundo.

Entre os regressos, contam-se alguns dos artistas mais inovadores e conceituados da música mundial, como são os casos do brasileiro Hermeto Pascoal, dos malianos Rokia Traoré e Amadou & Mariam, do nigeriano Femi Kuti, do argelino Rachid Taha e do indiano Trilok Gurtu (acompanhado do jovem pianista arménio Tigran Hamasyan).

Também regressam, com discos novos, os bósnios Dubioza Kolektiv, os norte-americanos Barbez e Hazmat Modine e a cantora natural da ilha de Reunião Nathalie Natiembé.

No lote das estreias, destacam-se bandas como Lo’Jo, melhor grupo dos prémios Songlines 2013, o príncipe do qawwali Asif Ali Khan, os tuaregues Tamikrest, a big band japonesa Shibusa Shirazu Orchestra, a rapper norte-americana Akua Naru, o congolês Baloji, os chineses Dawanggang e os músicos globais Skip & Die.

O Mali, que tem atravessado dias difíceis recentemente, com conflitos bélicos e religiosos que colocaram em questão a própria sobrevivência da música como expressão artística em algumas partes do país, merece atenção especial no alinhamento, com cinco concertos programados, do multipremiado Bassekou Kouyaté & Ngoni Ba ao projeto lisboeta de cruzamento entre a eletrónica e a música maliana Imidiwan.

A Colômbia deixa um sabor tropical no FMM Sines 2013 com a estreia de dois exemplos de modernidade no tratamento das músicas tradicionais: Ondatrópica e Bomba Estéreo.

A música feita em Portugal tem 11 espetáculos programados, começando, alfabeticamente, em Batida, projeto de fusão afroeletrónica em ascensão internacional, e terminando na Orquestra Locomotiva, orquestra sinfónica constituída por alunos e professores de música oriundos de Sines e outras cidades, vilas e aldeias do Alentejo Litoral.

Carlos Bica com o seu trio “Azul”, Celina da Piedade, Custódio Castelo, Gaiteiros de Lisboa, JP Simões, MU e O Carro de Fogo de Sei Miguel são outros projetos portugueses presentes, misturando regressos de artistas com uma longa história no FMM a estreias há muito tempo esperadas.

Dos países de língua portuguesa em África e nas Américas, além de Hermeto Pascoal, o festival apresenta a banda nordestina Cabruêra, a artista angolana Aline Frazão e dois dos compositores mais interessantes da música cabo-verdiana: Tcheka e Jon Luz.

A riqueza da Europa distribui-se por todo o alinhamento do festival, destacando-se a presença da nova geração do flamenco – cantada, tocada e bailada em Extremadura Territorio Flamenco -, da folk dos ucranianos DakhaBrakha, da voz catalã e ibérica de Sílvia Pérez Cruz e da simplicidade nórdica da norueguesa Mari Kvien Brunvoll.

É também da Europa que partem algumas das mais interessantes ideias de cruzamentos, como o encontro franco-jamaicano Winston McAnuff & Fixi, o encontro belga-marroquino Hassan El Garidi & Trance Mission e encontro holandês-senegalês Reijseger Fraanje Sylla.

A distribuição dos concertos pelos dias e pelos palcos terá pequenas alterações em relação a 2012. No primeiro fim de semana (18, 19 e 20 de julho), os espetáculos terão lugar apenas no Castelo, com um concerto à tarde e quatro concertos à noite. Na segunda-feira e terça-feira (22 e 23 de julho) haverá dois concertos diários no auditório do Centro de Artes de Sines. Entre quarta-feira e sábado (24, 25, 26 e 27 de julho) haverá seis concertos diários, dois no palco junto à Praia Vasco da Gama (um ao fim da tarde e um ao fim da noite) e quatro concertos no Castelo (um à tarde e três à noite).

Seguindo uma prática do festival desde a primeira edição, não se realizam concertos em simultâneo, permitindo ao público, se assim quiser, assistir ao alinhamento integral do festival.

O palco da Praia Vasco da Gama, que em 2012, devido às obras de requalificação da avenida com o mesmo nome, foi instalado num espaço contíguo ao rochedo Pontal, regressa este ano à avenida. Será montado numa disposição semelhante à de 2011, voltado a sul, sobre a secção de pavimento da avenida concluída, das Escadinhas do Muro da Praia para nascente, com apoio das Tasquinhas.

Outra novidade desta edição é a redução do preço dos bilhetes diários para os concertos noturnos no Castelo, que passam dos 15 para os 10 euros, uma redução de 33% em relação a 2012, justificada pela situação económica que o país atravessa. A entrada permanente / passe para os mesmos concertos custa 50 euros. Além disso, o FMM Sines continuará a oferecer uma generosa programação de concertos de entrada livre: todos os sete realizados no Castelo à tarde e todos os oito realizados na Avenida Vasco da Gama. As duas noites de música no Centro de Artes custam 5 euros cada.

YouTube Preview Image

FMM SINES 2013: PROGRAMA DE CONCERTOS

Quinta, 18 de julho
18h30 [C] Custódio Castelo (Portugal) *
21h30 [C] Bassekou Kouyaté & Ngoni Ba (Mali)
23h00 [C] Hazmat Modine (EUA)
00h30 [C] Amadou & Mariam (Mali)
02h00 [C] Cabruêra (Brasil)

Sexta, 19 de julho
18h30 [C] Celina da Piedade (Portugal) *
21h30 [C] Barbez (EUA)
23h00 [C] Lo’Jo (França)
00h30 [C] Baloji (R. Congo / Bélgica)
02h00 [C] Dubioza Kolektiv (Bósnia-Herzegovina)

Sábado, 20 de julho
18h30 [C] Reijseger Fraanje Sylla (Holanda / Senegal) *
21h30 [C] JP Simões (Portugal)
23h00 [C] DakhaBrakha (Ucrânia)
00h30 [C] Hermeto Pascoal (Brasil)
02h00 [C] Batida (Portugal / Angola)

Segunda, 22 de julho
22h00 [A] Jon Luz (Cabo Verde)
23h00 [A] Mari Kvien Brunvoll (Noruega)

Terça, 23 de julho
22h00 [A] Sílvia Pérez Cruz (Catalunha – Espanha)
23h00 [A] Aline Frazão (Angola / Portugal)

Quarta, 24 de julho
18h30 [C] Orquestra Locomotiva de Sines (Portugal) *
20h00 [P] MU (Portugal) *
21h45 [C] Tcheka (Cabo Verde)
23h15 [C] Hassan El Gadiri & Trance Mission (Marrocos / Bélgica / Portugal)
00h45 [C] Nathalie Natiembé (Ilha Reunião – França)
02h45 [P] O Carro de Fogo de Sei Miguel (Portugal) *

Quinta, 25 de julho
18h30 [C] Carlos Bica “Azul”, com Frank Möbus e Jim Black (Portugal / EUA) *
20h00 [P] Imidiwan (Portugal / Mali) *
21h45 [C] Extremadura Territorio Flamenco (Extremadura – Espanha)
23h15 [C] Asif Ali Khan & Party (Paquistão)
00h45 [C] Rokia Traoré (Mali)
02h45 [P] Ondatrópica (Colômbia) *

Sexta, 26 de julho
18h30 [C] Gaiteiros de Lisboa (Portugal) *
20h00 [P] Winston McAnuff & Fixi (Jamaica / França) *
21h45 [C] Trilok Gurtu & Tigran Hamasyan (Índia / Arménia)
23h15 [C] Rachid Taha (Argélia / França)
00h45 [C] Shibusa Shirazu Orchestra (Japão)
02h45 [P] Bomba Estéreo (Colômbia) *

Sábado, 27 de julho
18h30 [C] Cristina Branco (Portugal) *
20h00 [P] Dawanggang (China) *
21h45 [C] Tamikrest (Povo Tuaregue – Mali)
23h15 [C] Akua Naru (EUA / Alemanha)
00h45 [C] Femi Kuti & The Positive Force (Nigéria)
02h45 [P] Skip & Die (África do Sul / Holanda) *

[C] Castelo
[A] Centro de Artes de Sines
[P] Avenida da Praia (ou Vasco da Gama)

(*) Concerto de entrada livre

Tags: ,


About the Author



Comments are closed.

Back to Top ↑
  • PUB

    “Veracity”

    “VeraMarmelo”

    “MadeofThings”

  • Redes sociais

    Facebooktwittergoogle_plusyoutubeinstagram
  • Facebook

  • Junho 2013
    S T Q Q S S D
    « Abr   Jul »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930