Festmag

Artes no image

Published on Setembro 10th, 2013 | by festmag

0

Vila do Conde recebe 9.º Circular Festival de 21 set a 5 out

Com o final de setembro chega a Vila do Conde mais uma edição do Circular. De 21 de setembro a 5 de outubro, a 9.ª edição do Circular Festival de Artes Performativas apresenta criações que percorrem diferentes áreas artísticas como a dança, a performance e a música.

O programa do festival para 2013 inclui Tânia Carvalho, Paulo Mendes + Maria Trabulo, Ghuna X, Rogério Nuno Costa, António Lago & Susana Chiocca, Alina Bilokon, Léa Rault e Urândia Aragão, João dos Santos Martins & Min Kyoung Lee, HHY & The Macumbas, Joclécio Azevedo, Tropa Macaca, Ana Borralho & João Galante.

No dia 21 de setembro, às 19:00, tem lugar na Solar Galeria de Arte Cinemática a inauguração da Exposição “Cuidados Intensivos – Tempo e Fricção” com curadoria de Joclécio Azevedo e trabalhos de “Soundwall II” de Ghuna X, “Em vez de” de Joclécio Azevedo, “In:out” de Paulo Mendes + Maria Trabulo, “Terceira Via™/Kolmas Tie™” de Rogério Nuno Costa e “Ekstaseis Náuticas” de António Lago & Susana Chiocca.

Esta exposição, que surge como um prolongamento do programa “Cuidados Intensivos”, realizado em Vila do Conde de Março a Julho de 2013, desenvolvido no âmbito do projeto Artista Residente da Circular Associação Cultural, propõe como «prerrogativa a ideia de recusar a fixação da memória, de tentar observá-la enquanto fluxo, de criar territórios de jogo com o presente e com o porvir.»

A par da exposição tem lugar na Solar um conjunto de performances: Ghuna X (21 de setembro, 19:30); Joclécio Azevedo (21 de setembro, 19:00-21:00; 27 setembro, 22:00-00:00; 4 de outubro, 22:00-00:00); Paulo Mendes + Maria Trabulo (21 de setembro, 19:00-21:00; 27 de setembro, 22:00-00:00; 4 de outubro, 22:00-00:00); Rogério Nuno Costa (21 de setembro, 19:00-21:00; 27 de setembro, 22:00-00:00; 4 de outubro, 22:00-00:00) e António Lago & Susana Chiocca (21 de setembro, 19:00-21:00; 27 de setembro, 22:00-00:00; 4 de outubro, 22:00-00:00).

No dia 21 de setembro, às 21:30, sobe ao palco do Teatro Municipal de Vila do Conde o espetáculo “Icosahedron” de Tânia Carvalho, uma peça que explora a complexidade infinita de ideias acerca do ser humano e do entendimento que temos uns dos outros e composta por 20 bailarinos. Em 2012, venceu o Prémio SPA/Autores para Melhor Coreografia.

A noite termina com uma festa com os Take Your Love (Dj set/Live act), que prometem uma noite preenchida por música quente e tropical e o lançamento de fanzine “Flanzine”, a partir das 23:30, no Cacau Café-Bar.

O fim de semana de abertura do Circular prossegue a 22 de setembro com a conversa com João Pedro Azul, Claudine Rodrigues, Raquel Ribeiro e Rogério Nuno Costa a propósito do lançamento da fanzine “Flanzine”. Esta sessão acontece às 17:00, no Teatro Municipal de Vila do Conde.

Às 19:00, Ana Borralho & João Galante apresentam “Linha de Horizonte” onde o público é convidado a assistir ao pôr-do-sol na Praia do Turismo (a entrada é livre, mediante levantamento prévio de bilhete no Teatro Municipal de Vila do Conde). Ao chegar à praia o espetador recebe um par de auriculares e um leitor de mp3. Poderá sentar-se e iniciar a audição da peça, bem como circular pela praia, se assim o entender. É a segunda vez que o Circular apresenta um trabalho de Ana Borralho & João Galante, depois de em 2007 terem desenvolvido em Vila do Conde a performance “I Put a Spell on You”.

No segundo fim de semana do festival, Alina Bilokon, Léa Rault e Urândia Aragão apresentam “As Unidades Mínimas do Sensível” a 27 de setembro, às 21:30, no Auditório Municipal de Vila do Conde. Na mesma noite, às 23:00, é a vez dos Tropa Macaca apresentarem-se ao público do Circular, na Solar Galeria de Arte Cinemática (concerto com entrada livre).

Nos dias 27 de setembro e 4 de outubro, prosseguem as performances da exposição “Cuidados Intensivos – Tempo e Fricção”.

Também em estreia, “Le Sacre du Printemps (2013)” de João dos Santos Martins & Min Kyoung Lee acontece a 28 de setembro, às 21:30, no Teatro Municipal de Vila do Conde.

A 5 de outubro, às 21:30, no Teatro Municipal de Vila do Conde, Joclécio Azevedo apresenta “Pedimos desculpas pelo incómodo, a (r)evolução segue dentro de momentos”. Joclécio Azevedo já apresentou os trabalhos “Em Resumo” (2005) e “Uma peça encomendada” (2009) no contexto de edições anteriores do Circular Festival de Artes Performativas. O Festival termina com o concerto dos HHY & The Macumbas, às 22h30, no Teatro.

Os bilhetes custam entre 7,5€ (Tânia Carvalho), 5€ (João dos Santos Martins & Min Kyoung Lee, Joclécio Azevedo) e 3,5€ (Alina Bilokon, Léa Rault & Urândia Aragão, HHY & The Macumbas). A entrada é livre na Exposição e Performances “Cuidados Intensivos – Tempo e Fricção”, no concerto dos Tropa Macaca, e na performance “Linha do Horizonte” (mediante levantamento prévio de bilhetes, sujeito a lotação limitada.

Siga-nos aqui:

Tags: ,


About the Author



Comments are closed.

Back to Top ↑