Festmag

Cinema e TV

Published on Janeiro 26th, 2014 | by festmag

Curta luso-brasileira no Festival de Cinema de Berlim

“Fernando que Ganhou um Pássaro do Mar” foi selecionada para a Berlinale, que acontece de 6 a 16 de fevereiro na Alemanha.

A curta-metragem “Fernando que Ganhou um Pássaro do Mar”, de Felipe Bragança e Helvécio Marins Jr., foi selecionada para a Berlinale, o Festival Internacional de Cinema de Berlim, que acontece de 6 a 16 de fevereiro na Alemanha.

O filme será exibido na 9ª edição do Forum Expanded, uma secção paralela ao Festival que este ano tem como mote a questão “O que sabemos quando sabemos onde algo está?”. Nesta secção do festival, que tem início a 5 de fevereiro, serão exibidas cerca de 50 obras de 20 países de todo o mundo.

Nuno Rodrigues, codiretor do Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema e produtor do filme, integrará o Júri do Festival, responsável pela atribuição do Urso de Ouro e de Prata às melhores curtas-metragens em competição, do Prémio DAAD e pela seleção do nomeado do Festival para os Prémios Europeus de Cinema.

“Fernando que Ganhou um Pássaro do Mar” parte de um diálogo imaginário entre Portugal e o Brasil, numa pequena cantiga luso-brasileira. Fernando divide seu tempo entre um café da vizinhança e a pequena casa em que vive no Porto. Do Brasil, recebe um pequeno presente que lhe faz imaginar o Paraíso.

A história é inspirada em uma das personagens do último trabalho de Helvécio Marins Jr., “O Canto do Rocha”, filmado em 2012 no Norte de Portugal.

“A personagem do Fernando chamou a atenção porque falava e interagia muito pouco. Estava sempre a olhar para o horizonte… Nós começámos a sonhar um pouco a refletir em torno da eventualidade daquele homem estar a imaginar outras vidas possíveis. Em certos momentos, o Fernando falava de viagens, de já ter ido para outros lugares e de ter acabado por voltar a Portugal. Essa ideia da viagem levou-nos à vontade de desenvolver um diálogo entre o que seria esse imaginário de Portugal e do Brasil”, refere Felipe Bragança.

O filme, produzido pela Curtas Metragens CRL no âmbito do projeto Estaleiro, envolveu uma equipa de estudantes de cinema de Portugal e do Brasil. A antestreia mundial da curta-metragem teve lugar na última edição do Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, em 2013.

Siga-nos aqui:

Tags: ,


About the Author



Back to Top ↑