Festmag

Música

Published on Julho 1st, 2017 | by Alexandra Silva

0

2 + 2 = 5 concertos a não perder | NOS Alive 2017

A romaria dos festivais de verão começou com o NOS Primavera Sound e para não perder o embalo estamos já de olhos postos no NOS Alive. Estes são cinco (vá, seis) concertos que não deves perder por nada deste mundo.

Há já muito tempo esgotado o NOS Alive regressa este ano ainda mais reforçado com nomes firmados na cena musical e nos palcos desse mundo fora. The Weeknd, Foo Fighters e os Depeche Mode são cabeças de cartaz, ocupam o palco principal e acarretam consigo o peso que se lhes conhece. Voltamos então as atenções para outras bandas.

Ryan Adams, 6 de junho, Palco Heineken, 22h

“Prisoner” poderá muito bem ser um dos melhores discos naslistas de fim de ano. Certeza é a de que este regresso do cantautor americano ao nosso país não é para desperdiçar. Esteve cá em 2011 em concertos mais íntimos, é certo, mas um músico com 16 discos editados e um de versões de Taylor Swift não é mesmo para perder.

Bonobo, 6 de junho, Palco Heineken, 1h25

O discurso pode soar repetitivo mas de facto “Migration”, que o britânico editou recentemente, tem andado nas bocas dos críticos e dos melómanos. Um disco com o selo Ninja Tune carregado de texturas que no formato live promete.

YouTube Preview Image

Pega Monstro, 7 de junho, Palco NOS Clubbing, 20h40

A tenda “de dança” deste dia é bem rockada e em português. Curada pelo radialista Pedro Ramos tem algumas das jovens promessas da cena nacional e entre elas constam as irmãs Pega Monstro, pródigas na arte de bem escrever e tocar como calha. Vai ser bonito.

The Kills, 7 de julho, Palco NOS, 22h05

Não foi há muito tempo que passaram por cá mas a entrega em palco de Alison e Jamie merecem que não se perca um único concerto deles. Foi também em Algés que em 2012 os The Kills rebentaram com o palco secundário e Alison chorou. Valerá bem a pena.

YouTube Preview Image

Duquesa, 8 de julho, Coreto, 17h30

O sol ainda estará alto para ouvir as canções doces do disco de estreia a solo de Nuno Rodrigues dos Glockenwise. E para conhecer ao vivo o verde e ancestral “Norte Litoral” que lançou recentemente. Boas canções com sabor a Minho para saborear com um copo de vinho.

Fleet Foxes, Palco Heineken, 21h40

Os Fleet Foxes voltaram aos discos e vão voltar ao NOS Alive por onde passaram em 2011, ano da graça de “Helpessness Blues”. É verdade que já não contam com Josh Tillman (aka Father John Misty) mas não têm por isso menos valor e as composições do belíssimo “Crack-up” merecem a nossa melhor atenção.

YouTube Preview Image

Todas as informações sobre o NOS Alive podem ser consultadas aqui11.

 

Tags: , , , , , ,


About the Author



Comments are closed.

Back to Top ↑