Festmag

Música

Published on Novembro 24th, 2017 | by Alexandra Silva

0

2 + 2 = 5 concertos a não perder | Vodafone Mexefest 2017

A zona da Avenida da Liberdade enche-se hoje de música para medir o pulso à nova cena musical nacional e internacional. São mais de meia centena de concertos distribuídos por 14 espaços. Estes são os que achamos que não deves perder.

Surma, Cinema S. Jorge – 24 de novembro, 21h40

Este é um dos casos exemplo da excelente música que se vai praticando em território nacional. Depois de alguns temas avulso Débora Umbelino editou “Antwerpen”, com o selo da Omnichord Records, e tem dado concertos dentro e fora de portas. Será uma excelente ocasião para ver Surma a expandir as fronteiras musicais.

YouTube Preview Image

Destroyer – 24 de novembro, Coliseu dos Recreios, 22h45

É verdade que Manel Cruz estará ao mesmo tempo no teatro Tivoli BBVA a mostra que ainda não acabou mas também é verdade que a apresentação de “Ken”, o mais recente disco de Destroyer, ainda por cima no Coliseu (devido ao cancelamento de Jessie Ware) merece todas as nossas atenções. Sobretudo porque além dos novos temas também constarão músicas de “Poison Season” ou “Kaput”.

YouTube Preview Image

Orelha Negra – 24 de novembro, Coliseu dos Recreios, 00h30

Hip hop, soul e funk sem vocalista numa mistura improvável que tem feito dos Orelha Negra uma das melhores cenas musicais portuguesas desde Zeca Afonso. O terceiro disco homónimo do coletivo tem sido um sucesso e as suas prestações ao vivo são sempre momentos de pura felicidade. É nacional e é muito, mesmo muito bom.

YouTube Preview Image

Aldous Harding – 25 de novembro, Cinema S. Jorge, 20h45

Há uma beleza irresistível em Aldous Harding. Prende-se na sua própria figura mas também na voz e letras. Fez um dos discos mais aclamados do ano – “Party”, produzido por John Parish – e é um dos nomes mais esperados desta edição do Vodafone Mexefest.

YouTube Preview Image

Allen Halloween – 25 de novembro, Cineteatro Capitólio, 22h50

A “Bruxa” ocupa um dos espaços mais icónicos deste festival, o recuperado Capitólio, para desfiar “Unplugeto” e outros temas que marcam a cena do rap mais undergroud português. Um artista de mão cheia, o rapper de Odivelas usará a palavra como arma e o corpo há-de responder ao apelo.

YouTube Preview Image

Liars25 de novembro, Estação Vodafone.FM, 23h45

Não há memória de um mau concerto dos Liars por cá. Bem pelo contrário. Angus Andrew, além de um compositor camaleónico é também uma figura invulgar que decidiu agora dar continuidade à banda a solo. “TFCF” lançado este ano vem ao palco montado na Estação do Rossio, com vista para o castelo, e poderemos assim dar mais um passo no entendimento de quem é esta personagem singular. É caso para dizer «Mess on a mission».

YouTube Preview Image

Os bilhetes para o Vodafone Mexefest encontram-se esgotados.

Siga-nos aqui:

Tags: , , , , , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Back to Top ↑