Festmag

Música

Published on Novembro 7th, 2017 | by António José Antunes

0

Reportagem | Surma: a menina já é uma senhora

A senhora Surma encheu de maturidade o Salão Brazil na sexta-feira passada para mostrar as paisagens sonoras de “Antwerpen”, o seu disco de estreia.

Foi há pouco mais de um ano que escrevemos por aqui acerca da enorme potencialidade artística de Surma que prova agora, de uma forma categórica, que já deixou de ser uma menina, que abandonou a incerteza e aquele friozinho nervoso que tanto a caracterizavam nos primeiros passos. A miúda Debora Umbelino, um ser envergonhado e tímido, que agradece conformada pelo prazer que transmite e sorri inocentemente pela alegria que atira contra todos nós, transformou-se na senhora Surma e com ela chegou um sol que ilumina todo o palco, que se solta dos seus multi-instrumentos, que é uma autêntica e lindíssima aurora boreal.

A apresentar o seu primeiro longa duração, “Antwerpen“, Surma apresentou-se em Coimbra naquela que terá sido primeira noite fria após este fatídico verão de 2017, munida de toda uma parafernália de instrumentos repletos de botões, luzes e fios por todo o lado. O disco de estreia tem o selo da Omnichord Records, a pequena grande editora de Leiria que tem sido um berço para imensos projetos de enorme qualidade feitos em Portugal.

Com aquela intimidade já bem característica do Salão Brazil e com Surma sempre sorridente e lançar imensa simpatia, lá nos foi guiando por “Antwerpen”. “Plass”, “Kismet”, “Drög”, “Saag” foram sendo apresentados com intervalo para a cover de “Just So” de Agnes Obel. De seguida lançou-se a “Hemma”, o single de avanço do novo disco que teve direito a encore, “Maasai” e a quase dançável “Nyika”.

A música de Surma é um tratado paisagista, uma viagem sem passaporte, a suavidade e sensibilidade da sua eletrónica faz-nos bem ao ego. Há nela algo que fica, algo que cola. Surma consegue fazer com que algo fique a ecoar no nosso ser. Há na sua música algo que não se esgota, nem nos esgota. É sem dúvida um encantador e apaixonante sem-fim sonoro.

Os nossos agradecimentos ao Salão Brazil.

Fotos de António José Antunes

Siga-nos aqui:

Tags: , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Back to Top ↑