No passado dia 9 de Novembro a banda britânica..." /> Reportagem Veracity | Gorillaz ao vivo em Genève – Fest Magazine

Festmag

Música

Published on Novembro 12th, 2017 | by festmag

0

Reportagem Veracity | Gorillaz ao vivo em Genève

No passado dia 9 de Novembro a banda britânica, que lançou o seu mais recente trabalho e quinto álbum de originais, “Humanz”, a 28 de Abril, apresentou-se na Arena de Genève para mais uma data da tour europeia que termina a 5 de Dezembro, em Londres.

São muitos os rumores da vinda dos Gorillaz a Portugal no próximo ano para uma actuação num festival de Verão. Enquanto ninguém se chega à frente com uma confirmação aproveitámos a tour europeia para os ver em Genève.

Damon Albarn e Jamie Hewlett fundaram os Gorillaz em 1998, juntando-se a eles Dan the Automator e, assim, abrindo as portas do triphop e do triprock aos fãs dos Blur mais comprometidos com a pop e aos fãs do hip hop menos familiarizados com a britpop. Quase 10 anos depois podemos afirmar que os Gorillaz estão tãoo ou mais relevantes do que quando começaram. Não tanto pela mediatização da banda, que hoje passa muito mais pelo culto e não pela novidade, mas pela importância da mensagem na conjectura da música e da sociedade actual.

“Humanz”, seguindo o registo de declaração de intenções manifestado desde Gorillaz, é um album repleto de ideias humanistas e experiências pós-modernas. A abertura da banda britânica ao experimentalismo está presente não só no produto final de um álbum como na prestação ao vivo que sempre se alimentou das imagens animadas de 2-D, Murdoc Niccals, Noodle e Russel Hobbs, para protagonizar as histórias dos temas que continuam a passar pela crítica social, o inconformismo, a rebeldia, a solidão ou o amor. Os vídeos suportam na perfeição a banda que se apresenta em palco com dois bateristas, um coro de seis elementos e dois teclistas.

Damon Albarn faz as honras da casa como um verdadeiro anfitrião do seu palco, oferecendo grande parte do protagonismo aos convidados, entre eles De La Soul, Peven Everett, Jamie Principal e Little Simz, esta última assegurando a primeira parte com brilhantismo através de um hiphop carregado com a doçura do R&B. Os convidados também foram virtuais, aparecendo nos vídeos Jehnny Beth (Savages) no tema “You Got The Power”, Bruce Willis no vídeo de “Stylo”, entre outros.


Com cinco álbuns na carteira, os Gorillaz ofereceram um pouco de tudo abrindo o espetáculo com “M1-A1”, o tema do primeiro trabalho que pergunta se esta alguém por aí, instigando a audiência ao rebuliço inicial.

O concerto desenrolou-se com a rapidez de quem avidamente devora cada nota sem um único momento menos bom ou monótono. E, apesar de os êxitos terem sido oferecidos em catadupa no encore (“Feel Good Inc.”, “Clint Eastwood”), temas como “Every Planet We Reach Is Dead”,”On Melancholy Hill” ou “Sex Murder Party”, tão diferentes entre si, proporcionaram reações de satisfação por toda a plateia. Ficamos, pois, com a certeza que um concerto de Gorillaz é um evento cultural que não se identifica através de um género ou de um público, é por si só intemporal e digno de ser visto e apreciado nem que seja uma vez na vida.

Setlist

M1-A1
Last Living Souls
Saturnz Barz
Tomorrow Comes Today
Rhinestone Eyes
O Green World
Every Planet We Reach Is Dead
Sleeping Powder
Superfast Jellyfish (com De La Soul)
On Melancholy Hill
Ticker Tape
Strobelite (com Peven Everett)
Andromeda (D.R.A.M. Special)
Sex Murder Party (com Jamie Principle e Zebra Katz)
Garage Palace (com Little Simz)
Kids With Guns
We Got the Power com Little Simz)

Encore
Spitting Out the Demons
Stylo (com Peven Everett)
Feel Good Inc. (com De La Soul)
Clint Eastwood
Don’t Get Lost in Heaven
Demon Days

Texto e fotos: Vera Rodrigues | Veracity Music

Siga-nos aqui:

Tags: , , , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Back to Top ↑