Festmag

Música

Published on Novembro 20th, 2017 | by festmag

0

Sim, os Spoon ainda são uma grande banda

Para quem se possa questionar sobre a validade dos Spoon em 2017 a resposta é clara e o concerto de sexta-feira passada no Coliseu de Lisboa foi esclarecedora: continuam bons e recomendam-se.

Nascidos na vaga da música independente dos anos 90 os Spoon fizeram sempre uma carreira à margem das grandes discográficas e conseguiram, nove discos depois, redescobrir-se.  Isso mesmo foi demonstrado no concerto que trouxe “Hot Thoughts” ao Coliseu depois da passagem pelo NOS Alive em julho passado.

E não precisaram de esgotar (ou sequer encher) a sala para estarmos certos de que continuam a ser uma grande banda que os fãs não abandonam e isso mesmo ficou claro logo que a abrir, com os primeiros acordes de “Do I Have to Talk You Into It” Britt Daniel emerge das sombras do palco.

O concerto fez-se alternando as canções mais ligeiras com as mais pesadas e as mais recentes com as mais antigas perfeitamente encadeadas num sequência fluída e altamente competente com Britt Daniel e toda a banda a darem um espetáculo profundamente profissional. A preciosa “Inside Out”, a clássica “I Turned My Camera On”, a sedutora “Don’t You Evah” começam a somar-se à setlist do concerto e pensamos como aqueles temas estão como o vinho do Porto. “Via Kenela” segue intrusiva para o nosso coração e “I Ain’t the One” revela um Britt Daniel, ele próprio está melhor que nunca.

Comunicativo, percorre o palco de lés a lés e não deixa antever quaisquer sinais de cansaço que seriam normais para quem está a terminar uma longa digressão. Pelo contrário, a vigorosa “Everything Hits At Once” mostra a rock star que há no vocalista texano que logo de seguida pergunta «Can I sit next to you?» convidando ao coro de vozes. De seguida “My Mathematical Mind” termina em épica distorção graças a um talentoso Alex Fischel crucial para a reinvenção da banda, espetacular nos teclados e com uma belíssima cumplicidade com Britt.

“Don’t Make Me a Target”, “The Underdog”, “Got Nuffin” e “Black Like Me” encerram a parte oficial do concerto e após o pedido de encore os Spoon atiraram-se a mias três temas do seu álbum deste ano. “WhisperI’lllistentohearit”, “Pink Up” e “Hot Thoughts” antecedem a excecional “Rent I Pay”. Terminava assim uma noite feliz entre bons amigos.

Fotografia de Laura Jacinto | Everything Is New

Siga-nos aqui:


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Back to Top ↑