Festmag

Música

Published on Dezembro 8th, 2017 | by António José Antunes

0

“Rumble In The Jungle”: um K.O. coletivo

Senhores e senhoras no canto direito The Legendary Tigerman, do lado esquerdo Linda Martini… isto é Rumble In The Jungle!

Conta a historia que o famoso combate entre George Foreman e Muhammad Ali, que aconteceu em 74 lá para os lados de Kinshasa, Zaire, criou uma enorme expectativa mundial. Muito se escreveu e muito aconteceu até esse dia. Seja como for o que importa reter do original Rumble In The Jungle foi que Ali ganhou por K.O. ao 8.º assalto, ou seja, existiu um combate entre dois colossos do boxe mundial e houve um vencedor.

Se um Rumble In The Jungle é um bom passado, o que se assistiu ontem há noite no Salão Brazil é um bom presente. E ao contrário do original, ontem houve três vencedores: The Legendary Tigerman, Linda Martini e o público que encheu por completo a bonita sala do Salão Brazil, em Coimbra.

Paulo Furtado acompanhado do imponente saxofonista João Cabrita e o baterista Paulo Segadães (ex- Vicious Five), arrancou para o palco a velocidade estonteante e com aquela aura que já lhe é tão característica, partiu para uma boa dezena de canções. A iniciar com “Wild Beast”, “Storm Over Paradise” e “The Saddest Girl On Earth” o homem tigre dominou por completo toda a sala.

A música de The Legendary Tigerman tocada em formato banda ganha um corpo e uma estrutura mais quente com o saxofone de Cabrita preenche na perfeição aqueles espaços vazios tão característicos do formato one-man band. “These Boots Are Made For Walking”, a eterna cover de Nancy Sinatra, “Black Hole”, “Gone”, “Dance Crazy”foram soando pela sala e com“Fix On Rock’n’Roll” subiram ao palco os Linda Martini e João Doce (o ex-companheiro dos Wraygunn e que atualmente tem um belíssimo projeto com Tó Trips) e aconteceu um verdadeiro combate de rock. Haja peito e capacidade de encaixe para tanta pancadaria rock. Recompostos disto, The Legendary Tigerman abandona o ring com “21St Century Rock’N’Roll” e temos o primeiro vencedor da noite. Respirar fundo, beber algo, colocar algum gelo nos hematomas e siga.

Os Linda Martini devem ter encontrado a fonte da eterna juventude uma vez que continuam ali com aquelas feições de perpétuos jovens e isso não só transparece por completo na sua música como se transfere para o público. Imponente máquina de debitar decibéis os Linda Martini, que se preparam para lançar muito em breve seu próximo trabalho, entram nesta festarola chamada Rumble In The Jungle e deitaram quase literalmente a casa abaixo.

O quarteto lisboeta mostrou os seus golpes mais clássicos “Belarmino Vs.”, “Ratos”, “Panteão”, “Putos Bons”, “Amor Combate”, “Unicórnio de Stª. Engrácia” e “Cem Metros Sereia” com toda a sala a cantar em uníssono e pelo meio foram mostrando novos golpes. “Boca de Sal”, “Caretano”, “Domingo Desportivo”e “Quase Se Fez Uma Casa” em estreia mundial já que foi pela primeira vez tocada ao vivo. Findaram com “Gravidade” já com Legendary Tigerman em palco.

Pedro, André, Cláudia e Hélio estão numa forma física impecável e saudável, o profissionalismo com que mostram as suas músicas são resultados de anos de treino, de dedicação e de amor pelo que fazem. Que não exista qualquer dúvida, o coletivo lisboeta está no seu auge. Que venha rapidamente o novo disco.

Se a ideia inicial era a demonstração de força entre dois diferentes projetos para a posteriori descobrir um vencedor e um derrotado, a coisa saiu falhada já que não houve vencidos, apenas houve vencedores e o maior deles foi o público.

Recebemos todos de muito bom grado esta prenda natalícia. De uma única assentada assistimos a dois enormes concertos. O que aconteceu no Salão Brazil no dia 7 de Dezembro de 2017, foi uma luta entre dois dos mais importantes nomes do rock português e mais que batalha foi uma festa entre amigos, mais que uma disputa o que aconteceu foi um combate de amor, ou melhor um “Amor Combate”.

Alinhamentos:

The Legendary Tigerman
– Wild Beast
– Storm Over Paradise
– The Saddest Girl On Earth
– Child Of Lust
– These Boots Are Made For Walking
– Black Hole
– I Finally Belong
– Gone
– Dance Craze
– Fix On Rock’N’Roll (com Linda Martini + João Doce)
– 21St Century Rock’N’Roll

Linda Martini
– Belarmino
– Ratos
– Boca de Sal (tema novo)
– Panteão
– Putos Bons
– Caretano (tema novo)
– Amor Combate
– Unicórnico de Stª. Engrácia
– Domingo Desportivo (tema novo)
– Quase Se Fez Uma Casa (tema novo, tocado pela primeira vez ao vivo)
– Cem Metros Sereia
– Gravidade (com The Legendary Tigerman)
Os nossos agradecimentos ao Salão Brazil

Siga-nos aqui:

Related Images:

Tags: , , ,


About the Author



Comments are closed.

Back to Top ↑