Chegada a época dos prémios, é tempo dos inevitáveis balanços. A..." /> Golden Globes: os nossos favoritos em Televisão – Fest Magazine

Festmag

Cinema e TV

Published on Janeiro 6th, 2018 | by Cátia Duarte Silva

0

Golden Globes: os nossos favoritos em Televisão

Chegada a época dos prémios, é tempo dos inevitáveis balanços. Ao mesmo tempo, urge também alguma preparação para as desilusões e injustiças. Este ano, os Golden Globes terão como anfitrião Seth Meyers, a quem se junta, ao longo da emissão, Penélope CruzSeth RogenHalle BerryCarol BurnettDarren CrissGreta GerwigHugh GrantNeil Patrick HarrisChris HemsworthChristina HendricksIsabelle HuppertShirley MacLaineRicky MartinSarah Jessica ParkerAmy PoehlerEdgar RamírezJ.K. SimmonsSharon StoneAaron Taylor-JohnsonAlicia VikanderEmma WatsonKelly Clarkson.

Num ano rico para a televisão, Big Little Lies será muito provavelmente a grande vencedora da noite. Previsões à parte, estes são os nossos favoritos entre os nomeados à 75ª edição dos Golden Globes.

Drama

Melhor série de televisão

Nomeadas: The CrownGame of ThronesThe Handmaid’s TaleStranger ThingsThis is Us

Possivelmente a categoria com menos dúvidas, este será o ano de consagração da revelação The Handmaid’s Tale. A distopia adaptada de Margaret Atoowd chegou de mansinho na Hulu e depressa se tornou no favorito da maioria. E é fácil perceber o impacto: num ano marcadamente político em termos internacionais, Gilead não parece uma realidade assim tão distante, o que torna a trama ainda mais impactante. Nunca é demais relembrar que o romance de Atwood foi escrito em 1985, mas assim vai a Humanidade. E a banda sonora desta série, senhores, merecia um prémio por si só.

Esperamos que The Handmaid’s Tale ganhe, apesar de The Crown e Stranger Things terem tido temporadas mais consistentes (e interessantes) que as primeiras e merecerem a nossa menção.

Melhor ator

Nomeados: Sterling K. Brown em This is Us, Freddie Highmore em The Good Doctor, Bob Odenkirk em Better Call Saul, Liev Schreiber em Ray Donovan, Jason Bateman em Ozark

Num painel de luxo, a nossa escolha recai em Sterling K. Brown. Se já tínhamos ficado de olho nele depois do desempenho em American Crime Story, é em This is Us que, semana após semana, rouba todas as cenas em que entra. E se pensávamos que, depois da primeira temporada, a história de Randall traria menos emoções fortes, a segunda temporada foi palco de muitos e grandes momentos para a personagem (e para nós, que nos vimos de coração apertado na maioria das cenas).

Melhor atriz

Nomeadas: Caitriona Balfe em Outlander, Claire Foy em The Crown, Maggie Gyllenhaal em The Deuce, Katherine Langford em 13 Reasons Why Elisabeth Moss em The Handmaid’s Tale

Eis que chega a categoria em que não nos conseguimos decidir entre Claire Foy e Elisabeth Moss. Apesar de todas as nomeadas terem tido um ano excecional, e de Outlander ser a nossa série de reconforto, Foy e Moss transcenderam-se como Queen Elizabeth II e June/Offred, respetivamente. Foi com Claire Foy que, nesta temporada, nos aproximámos ainda mais da Rainha, que sentimos compaixão, e, em alguns casos, até pena. E foi distinta a forma como estudou para o papel, apanhando os jeitos e trejeitos de sua majestade. Por outro lado, foi com Moss que vibrámos e ansiámos, que fizemos figas e nos subjugámos com ela. E foram as duas que, com o olhar, nos conquistaram de cada vez que apareceram no ecrã.

Comédia

Melhor série de televisão

Nomeadas: Black-ish, The Marvelous Mrs. Maisel, Master of None, SMILF, Will & Grace

É certo que há séries de grande categoria neste lote, mas permitam-nos que nos deixemos guiar pelas nossas emoções e que estejamos a torcer pela série que, nos idos de 1998, nos conquistou. Falamos de Will and Grace, que voltou onze anos volvidos, apenas para nos fazer sentir como se fosse a primeira vez. É certo que os primeiros episódios desta nona temporada foram demasiado políticos, mas ao fim de algum tempo o balanço foi encontrado, e a série continua melhor que nunca, com os protagonistas e personagens convidadas de sempre.

(Apesar de este ser o nosso desejo, é muito provável que The Marvelous Mrs. Maisel leve o prémio para casa)

Melhor ator

Nomeados: Anthony Anderson em Black-ish, Aziz Ansari em Master of None, Kevin Bacon em I Love Dick, William H. Macy em ShamelessEric McCormack em Will and Grace

No ano em que Black-ish ganhou um spinoff, é tempo de os Globos consagrarem Anthony AndersonTracee Ellis Ross, galardoada no ano passado, é uma co-protagonista à altura, mas é Dre que nos tem arrancado mais gargalhadas na comédia ao velho estilo, e, apesar de termos um fraquinho por Eric McCormack, seria muito reconfortante vê-lo ganhar nesta categoria.

Melhor atriz

Nomeadas: Pamela Adlon em Better Things, Alison Brie em Glow, Issa Rae em InsecureRachel Brosnahan em The Marvelous Mrs. MaiselFrankie Shaw em SMILF

Se Hollywood sobreviver a esta noite sem cair em lugares-comuns, então Pamela Adlon vai ser  escolhida e levar o prémio para casa. Better Things chegou em 2016 pela mão da atriz e Louis C.K., e desde então vemos em todos os episódios (dos quais Adlon também participa na realização) uma atriz nos leva numa montanha-russa de emoções que impressiona e espanta.

Minissérie ou Filme para televisão

Melhor minissérie ou filme para televisão

Nomeados: Big Little Lies, Fargo, Feud: Bette and Joan, The Sinner, Top of the Lake: China Girl

Mais uma categoria renhida, mas a nossa preferência recai sobre Big Little Lies. A série, que conta com um enredo e banda sonora de luxo, consegue trazer-nos um caso raro neste painel: todas as personagens apresentam uma complexidade e dimensão capaz de nos deixar boquiabertos a cada volt-face na história. É, por isso, talvez uma das séries mais ricas da temporada.

Melhor ator

Nomeados: Robert De Niro em The Wizard of LiesJude Law em The Young PopeKyle MacLachlan em Twin PeaksEwan McGregor em Fargo Geoffrey Rush em Genius

Sim, a série pode parecer um pouco confusa e algo louca ao início, mas Jude Law faz-nos dar uma segunda hipótese, e quase nos esquecemos da sua vida real (e que deu origem a uma cena inesquecível numa outra série) ao dar vida a Lenny Berardo. Como ainda é incerto se a segunda temporada contará o ator, seria uma boa oportunidade premiar um papel tão marcante.

Melhor atriz

Nomeadas: Jessica Biel em The Sinner, Nicole Kidman em Big Little Lies, Jessica Lange em Feud: Bette and Joan, Susan Sarandon em Feud: Bette and Joan e Reese Witherspoon em Big Little Lies

É certo que todos os nomes desta categoria tiveram um ano irrepreensível, mas num ano em que tivemos Nicole Kidman em dose dupla no pequeno ecrã com papéis tão bons, a nossa escolha recai na entrega que deu a Celeste. De alma e, principalmente, corpo, Kidman apostou forte em Big Litlle Lies e deu mais uma vez provas da sua grandiosidade.

Secundários

Melhor ator

Nomeados: Alfred Molina em Feud, Alexander Skarsgard em Big Little Lies, David Thewlis em Fargo, David Harbour em Stranger ThingsChristian Slater em Mr. Robot

Brilhar numa série de mulheres? Se alguém o consegue fazer é Alexander Skarsgard. Com Perry, uma personagem que desde cedo percebemos ser peça-chave no puzzle que é Big Little LiesSkarsgard transforma-se por completo, e traz-nos uma violência e complexidade que depressa nos transtorna e nos faz, ao mesmo tempo, desviar o olhar.

Deixamos ainda uma nota especial para David Harbour, não só por ter tomado tão bem conta de Eleven, como por nos ter dado um dos melhores gifs do ano.

Melhor atriz

Nomeadas: Laura Dern em Big Little Lies, Ann Dowd em The Handmaid’s Tale, Chrissy Metz em This is Us, Michelle Pfeiffer em The Wizard of LiesShailene Woodley em Big Little Lies

Realeza de Hollywood, Laura Dern deu provas que ser atriz lhe vem dos genes e corre nas veias. Apesar de ter tido menos palco que Kidman e Witherspoon, Laura Dern deu-nos uma Renata que rouba todas as cenas em que entra e que que nos passar por um turbilhão de emoções em cinco minutos. Nota ainda especial para a forma como a personagem se envolve na luta contra o bullying, um dos temas mais marcantes da série.

Siga-nos aqui:

Tags: , , , , , , , , , , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Back to Top ↑